sábado, 6 de junho de 2009

O chão é a cama

O chão é a cama para o amor urgente.

O amor não espera ir para a cama.

Sobre o tapete no duro piso,

a gente compõe de corpo a corpo a última trama.

E para repousar do amor, vamos para a cama!

(Carlos Drummond de Andrade)

6 comentários:

Palavras de Osho disse...

Lindo. Belamente urgente.

manuel marques disse...

Divino.

Beijo querida amiga.

ANA CLAUDIA MARINHO disse...

É sempre bom fazer referência ao Carlos Drummond de Andrade.

Angela, estou muito feliz de ter você como seguidora do meu blog.Valeu!!


um beijo e um abraço.

angela disse...

Sim Murilo.
e quem já não sentiu esta urgencia?

angela disse...

Querido Manuel
Relembrei esses poemas de Drummond lendo seu blog.
Beijo

angela disse...

Obrigada pelo carinho Ana