quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Rosa em Botão






Amor pequenino
intenso, fervente.
Nasceu assim...
mais sonho
que sentimento,
mais desejo
que ternura,
mais medo
que ventura,
que pena!
feneceu botão

44 comentários:

Victor Gil disse...

Oi Angela.
Venho agradecer a visita ao meu espaço de poesia (e de fotografia de meu filho). Estou a começar a acompanhar o seu espaço e a amostra já é bastante agradável. Um poema curto mas intenso, como deve ser o amor. Quer dizer o amor tem que ser intenso para ser longo. Vou regressar com mais calma para ler os outros textos.
Beijos
Victor Gil

Francisco Perna Filho (Chico Perna) disse...

ângela, boa tarde!
belo poema,adorei a metáfora, a imagem da flor que não chegou a ser flor, porquanto, amar é ir além: sem receios, sem medos. O amor precisa de ternura, de encantamento e de doação. Não sei a sua extensão, sua tecitura (tessitura), o que sei é que "tudo vale a pena quando a alma não é pequena", já dizia Fernando Pessoa.
Obrigado pelos comentários verdadeiros e precisos no Banzeiro www.banzeirotextual.blogspot.com

Sabrina Mata disse...

O amor é assim... quando vai deixa saudade, quando tem realidade e ninguem sabe de fato sua veracidade.

Princesa disse...

Obrigada pela visita ao meu blog e pelo carinho da palavras lá deixadas...

Às vezes eu penso que o sinal mais forte
da existência de vida inteligente em outro planeta
é que eles nunca entraram em contato com a gente. rsrsrs

Um beijo

ANA CLAUDIA MARINHO disse...

Oi Angela,legal os versos.Beijos


thau.

angela disse...

Victor Gil
Gosto muito de suas poesias e das fotos de seu filho, é sempre um prazer ir até lá e você ter gostado de meu poema me deixa feliz.
abraços

angela disse...

Francisco
Você faz poemas lindos e escreve muito bem, receber um elogio seu é muito bom.
abraços

angela disse...

Sabrina
Sabias palavras.
abraços

angela disse...

Princesa
Brilhante essa sua observação sobre a vida ibteligente fora da terra. Ri muito e vou usa-la por aí (direi que é sua, claro)
Abraços

angela disse...

Oi Ana Claudia
Obrigada pela leitura e é sempre um prazer te-la aqui
beijo

netmito disse...

Mt bom...

A Magia da Noite disse...

a morte prematura de algo belo nada mais representa que uma chamada dos céus. Parafraseando Queen na musica No-One but you apenas os bons morrem novos.

Conceição Duarte disse...

Angela, minha linda, gostei do poema desse primeiro post!!
Tenha ótimo final de semana, bjks, CON

.Lis disse...

Angela, lindo seu blog, e seu poema também.
Sonhos, desejos e medo podem nao germinar, daí a flor murcha e morre. Mas era lindo o botão, entao vale a pena mesmo assim. Um abraço

Stella Tavares disse...

Ângela, como gosto da forma como você conduz palavras e sentimentos. É tão bonito, harmônico, rico os seus textos. Adorei o poema!
Bjos.

angela disse...

Divinus
obrigada pela visita
abraços

angela disse...

Magia
Pode ser que esta seja a causa da pena.
beijo

angela disse...

CON
Que bom!
Ótimo fim de semana para você.
Foi bom o llançamento do livro? Não pude ir.
abraços

angela disse...

Lis
Valeu a pena sim.
abraços

angela disse...

Stella
Gosto muito do que você escreve, então seu comentãrio me deixa contente
abraços

tertulías disse...

Vim aqui agradecer um comentário teu e caí nesats tuas palavras maravilhosas... wow... Quanta sensibilidade!!!!!!!!

MOMENTOBRASILCOM.COM disse...

È Ângela,p/ postagem e comentários, o amor está'embaixa". Qta carência. Qtos corações esquecidos. Qta espera!A humanidade está mesmo embrutecida.Continue clamando p/amor. Muita gente vai te agradecer.Abrçs Roy Lacerda.

AFRICA EM POESIA disse...

ANGELA


E...sentimos...
Como é bom viver...
Como é bom ter amigos...
E saber que o amor...
Andou por aqui!...



Um beijo...obrigada pela visita


e bom fim de semana

Karina disse...

Lindo poema!
Geralmente amores platônicos são assim!Não passam de um botão, infelizmente...

Beijos!

angela disse...

Ricardo
obrigada e é um prazer ler o que você escreve
Abraços

angela disse...

Roy
comentário bonito este seu.
Obrigada
beijo

angela disse...

Lili
Obrigada pela visita e bom domingo.
beijo

angela disse...

Karina.
Sabia observação.
beijos

missosso disse...

Muito bom este amor em botão, mas não posso deixar de registrar meu assombro com Vera -- leitura tensa, emocionante!

angela disse...

Oi Missosso
Obrigada pela leitura e que bom que gostou.
É um prazer te-lo como seguidor.
beijo

Princesa disse...

Pense na vida como um aprimoramento das suas lições do que se passaram nela,olhe pra trás apenas pra não errar novamente e poder seguir em frente vivendo o presente sem persistir no erro do passado...
Uma bom inicio de semana
Beijinho

RosanAzul disse...

Como vai Angela?! Teu poema tem muita intensidade... Penso que tudo pode ser eterno dentro da intensidade em que foi vivenciado... Parabéns pelo teu belo escrito!
Beijos Luz, RO

angela disse...

Princesa
Aprender com os erros é muito melhor que lamenta-los.
Boa semana
beijo

angela disse...

RosanAzul
Tem razão, que seja eterno e intenso enquanto dure, como diria nosso poeta.
beijos

AFRICA EM POESIA disse...

angela
A vida é assim eu este ano vou ficar por aqui a viver as minhas coisas...É bom estar em casa e saborear o que se gosta.
a minha mãon direita está a portar-se mal. espero que tudo me corra bem...
um beijo no seu coração

angela disse...

Lili, querida
Espero que sua mão fique boa e que você possa aproveitar bastante suas férias.
beijos

Aline Lopes disse...

O amor surge assim do nado, vem de mancinho quando percebemos já e tarde, não se pode voltar não se pode deter...

Parabéns pelo texto.

Tenha uma ótima semana

Beijos

Palavras de Osho disse...

Maravilhoso...

angela disse...

Aline
Vem, muitas vezes, sem a gente perceber.
beijos

angela disse...

Murilo
Fiquei honrada, acho seus poemas demais.
Obrigada

Silvia disse...

aaahhhhnnnn.... que lindo!
já tive um amor assim e não consegui descrevê-lo tão delicadamente como você fez aqui! ah, se eu pudesse! mandava hoje esse poema por email ! hehehe....
bjo

angela disse...

Silvia
Pena que não pode...rs
beijo

Antonio Caldas Coni Neto disse...

Bela poesia.
Parabéns pelo Blog.
Saudações,

angela disse...

Antonio
Obrigada pela visita.
beijo