segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Habitos de leitura

Participação na blogagem coletiva "Vou de coletivo", do mês de Outubro

Como a maioria das pessoas que gostam de ler, comecei pequena.
Primeiro liam para mim, histórias de fadas e de mundos encantados Histórias que não me faziam dormir, sempre queria mais, porem a hora de dormir era sagrada então...
Quando aprendi a ler, comecei pelas historias de fadas e quando apareceu o Gibi do Pato Donald fui tomada de paixão por ele, esperava com ansiedade cada nova edição e ria e torcia e me afligia de tal jeito, que um dia, uma prima mais velha para me consolar disse que aquilo era só imaginação que ele não existia. Foi um choro só, todo mundo ficou sem saber como me consolar, foi minha primeira perda amorosa, descobrir que o pato Donald não existia e que imaginação e realidade são coisas distintas.
Refeita de minha tristeza continuei a lê-lo até casar, não tenho certeza, mas acho que foi por ai que parei.
Tive outras paixões literárias, Monteiro Lobato foi uma, ia à biblioteca e pegava os livros dele para ler, os infantis, e depois dos Doze trabalhos de Hércules me apaixonei por história antiga e aí comecei a ler sobre isso. Lia o que tinha na biblioteca de casa e na publica, lia escondido em baixo dos lençóis com uma lanterna, pois não queria parar e "existia a tal da hora de dormir"
Todos liam muito em casa. Por ocasião das féria escolares viajava para a casa de meus avós e a tardinha eles sempre estavam na varanda lendo, eu ficava impressionada com a rapidez com que meu avô lia. Foi lá que li Sarte pela primeira vez e fiquei alguns dias sem falar, só ouvia e lia e cheguei a conclusão que isso era bom, mas era pouco. Muito da minha vida ocorria longe dos livros. Minha última paixão foi Rosa Montero, uma escritora espanhola cujo livro me inspirou a escrever.
Quando gosto de um autor leio tudo que posso dele e sempre fico triste quando acabo, perco um amigo.
Lia em qualquer lugar, menos comendo por que minha mãe não deixava, mas não perdia um rótulo de produto que estivesse na mesa, decorei os de Nescau, guaraná, etc. Hoje quando como sozinha, leio, quando tenho companhia fico com ela. Minha mãe e suas regras me ajudaram a gostar de compartilhar uma refeição, entre muitas outras coisas.
Hoje em dia risco meus livros quando algo me chama a atenção e quando me pertencem claro, depois de lidos somente um ou outro faço questão de guardar, a maioria empresto e dou. Acredito que livro é pra circular e não criar bicho na prateleira. Exceção aos livros de estudo, estes eu nem empresto, são instrumentos de trabalho. Encapo todos os livros que leio com folhetos de propaganda, que protegem o livro em suas caminhadas comigo, depois de lidos, desencapo-0.
Gosto também de trocar e conversar sobre livros, que me indiquem e sirvam de aproximação com outras pessoas, cuido para que eles não substituam minha vida, com todas aquelas histórias maravilhosas.
Na verdade o que mais gosto é de história sobre as pessoas, os pensamentos delas, etc. e isso pode vir lendo ou ouvindo. Adoro ouvir. Adoro Ler e o melhor de amar ler é que essa paixão não exige nada em troca nem sequer fidelidade.


(foto retirado do Google, do filme "O Leitor")

121 comentários:

JR disse...

Interessante ,sua matéria sobre a leitura ,nunca parei para pensar nesta hipótese ,que começamos a ouvir nossos avós contando histórias e um dia somos nós a ler para os netos .
Isto aconteceu comigo e só agora lendo tua postagem me dei por conta e fiquei um pouco triste ao lembrar que hj não me sobra mais tempo pra leituras ,pois o computador tomou muito o espaço dos livros na minha vida mais virtual que material.
Sempre fui fã de carteirinha dos SEBOS daqui e agora até isto eu parei de fazer ,embora procure me atualizar através da internet ,mas sinto falta do cheirinho do pó dos livros.
Boa lembrança voce me retornou.
Um abraço

Francisco Perna Filho (Chico Perna) disse...

Caríssima Ângela, bom dia!
Boas lembranças você nos traz, experiências de leitura que nos são fundamentais. Como bem falou o JR, acima, eu também sou apaixonado por livros, por sebos, os quais há muito deixei de frequentar, porquanto, aqui onde estou morando, não os encontro. Palmas é uma cidade muito nova, talvez seja isso. Obrigado pelo selo e pela boa leitura, sempre.
Abraço amigo,
Chico Perna

Julimar Murat disse...

Oi Angela

a sua postagem de hoje nos fez voltar ao passado. Acredito que cada um de nós trazemos em nossas lembranças histórias que nos envolveram e nos levaram ao entusiasmo da boa leitura. E lá descobrimos um mundo mágico, onde muitas vezes fizemos parte dele. Ao desembarcarmos de volta a realidade , nos trouxeram de volta com uma bagagem muito maior quando neles entramos.

Muito obrigada por mais esta lembraça
Um dia iluminado
beijos
Julimar

A Magia da Noite disse...

ler é sair do nosso corpo, tomar uma personagem se ser nós próprios.

magna disse...

oie angela,que lindo eu chamaria de uma história de amor com as letras.
bjusss e uma boa semana!

AFRICA EM POESIA disse...

Angela
gostei de a ler...
e fui dar uma olhada na minha tese de mestrado e deixo...

Papai, me compra a Biblioteca internacional
e obras célebres..
Só são 24 volumes encadernados em percalina verde.
Meu filho, é livro demais para criança.
Compra mesmo assim, papai, eu cresço logo…


C.Drummond de Andrade biblioteca verde

angela disse...

JR
Lembrei tanta coisa escrevendo que precisei escolher. Tem coisas que a gente pega o fio e ele nos leva longe.
beijos

angela disse...

Oi Chico
Gosto muito de visita-lo. Faço ideia do quanto gosta de ler, vive me apresentando textos novos.
Os sebos eu adoro e na falta de tempo tem um sebo virtual, que reune muitos sebos reais, vale a pena.
beijos

angela disse...

Julimar
Tem razão, a gente nunca volta igual.
beijos

angela disse...

Magia
É sair da nossa vida.
beijos

angela disse...

Magma
Quando vi foi o que saiu, minha história de amor com as letras.
beijos

angela disse...

Lili
Bonita contribuição a sua.
Obrigada
beijos

Norma Villares disse...

As histórias se repetem, só de nome, endereço e CPF. Na rica simplicidade de encantamento muitas de nós fomos iniciadas pelo mundo das histórias infantis. Como minha mãe era musicista, tinha um acervo muito grande de histórias cantadas, nossa iniciação foi através da magia destas historinhas cantadas.
Essas lembranças trazem um passado gostoso, né. Obrigada Angela pela visita e comentário.
Melhores abraços

Cynthia Santos disse...

Puxa, seu "encontro com a realidade" me lembrou do meu... eu acreditava piamente na existência do Coelhinho da Páscoa, até que aos 5 anos, passei uma noite inteira em claro esperando por ele... que calro, não veio...eheheheh foi minha primeira decepção com o mundo de faz-de-conta. Não lembro como foi na época, mas a lembrança que tenho dessa noite é doce, tem cheiro de infância...eheheh
Parabéns, adorei seu testo!
tembém estou na blogagem coletiva!
Beijos!

Stella Tavares disse...

Querida Ângela, que deliciosa leitura nos proporcionou essas suas lembranças, essa sua alvenaria que foi sendo feita com cuidado, encantamento (grande parte desse encantamento trazemos dos livros)- o encantamento e o treinamento de encantar e despertar o encanto da palavras. Tudo isso veio com você. É cada vez mais gratificante e inspirador ler os seus textos.
Bjs

manuel marques disse...

Ler um livro é conhecer a pessoa e o modo de pensar de alguém que lhe é estranho. É procurar compreendê-lo e, sempre que possível, fazer dele um amigo .

Beijos minha querida.

Teresa disse...

É incrível como quem gosta de ler também tem tanto prazer em falar ou escrever sobre livros. Eu também sou assim.
Gostei muito do seu texto. Achei muita graça ao seu desgosto amoroso com o Pato Donald!
Bjs

angela disse...

Norma
Deve ter sido delicioso, histórias musicadas. Cantar histórias....
Beijos

.Lis disse...

Oi,Angela
Adorei os seus hábitos de leitura.Só o fato de estarmos aqui todos os dias demonstra bem o quanto gostamos de ler e consequentemente de escrever.E, voce escreve muito bem.Parabéns.
Abraços e obrigada pela presença sempre carinhosa.

angela disse...

Cyntia
Também passei por essas decepções quando mais nova, mas esta foi a primeira com a palavra escrita.
Este contato não é facil, mas a gente continua "acreditando" pelo menos enquanto escreve ou le.
beijos

angela disse...

Stella
Você é muito especial.
Obrigada pelos comentários
beijos

angela disse...

Manuel
E aprendemos tanto com eles.
beijos querido

angela disse...

Tereza
Quando encontro a prima do desencanto, sempre conversamos sobre e damos risada, mas na época foi traumatico para nós duas.
beijos

angela disse...

Lis
Não tenho duvidas de que você o faz melhor, só pelo bom gosto e diversidade de suas postagens dá para saber.
beijos

Essência e Palavras disse...

Oi Angela, Obrigada pela visita no meu blog.
Adorei participar desse projeto do "Vou de Coletivo". Obrigada pelo carinho, seus textos são intensos e claros.


Tornei-me seguidora do seu b log

Beijo e boa quarta

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Ângela,
Obrigada pela visita.

Verdade..., ainda bem que para ler, não é necessário pagar...

Beijos,
Ana Lúcia.

angela disse...

Essência
Obrigada pela gentileza, gostei muito do seu blog e já estou por lá.
beijos

angela disse...

Ana
A gente paga o livro muitas vezes.
beijos querida

Bia disse...

Olá, Angela!

Eu praticamente comecei com os gibis da Turma da Mônica, tinha uma grande coleção, hoje doada para uma escola... mas admito que tive que ter coragem para me desfazer deles! Como você falou, chega uma hora em que livros precisam circular... e eu já os tinha até decorado.

Também tenho o hábito de ler rótulos de produtos, em geral (esqueci de citar esta mania), e agradeço muito à minha mãe por ter me incentivado à leitura desde cedo. É algo que amo até hoje!

Já vim até aqui algumas vezes, sempre através das blogagens coletivas, mas agora estarei te acompanhando.

Beijos, boa noite!

angela disse...

Bia
Uma das vantagens da blogagem coletiva é ver a dicersidade de entendimentos e as semelhanças, algumas esquecidas e outras desconhecidas. Tenho gostado muito de participar.
Obrigada pelas palavras e pela companhia.
beijos

~PakKaramu~ disse...

Visiting your blog

Ana Filipa Oliveira disse...

Ler realmente é uma actividade maravilhosa! E para nós, leitores "compulsivos", é tão natural como qualquer actividade vital. Algo que já reparei no Coisas Banais é que os posts acerca de livros normalmente não são comentados. Talvez os meus visitantes não tenham o que dizer acerca de livros, não sei.

meus instantes e momentos disse...

muito bom esse texto sobre leitura.
É muito bom teu blog, eu gosto daqui.
Maurizio

angela disse...

Pakkaramu
thank you, come back often.
kisses

angela disse...

Ana Filipa
Tem coisas que a gente não entende pois devem ter multiplas razões.
Vou visita-la.
Beijos

angela disse...

Maurizio
As portas estão abertas para você é um prazer te-lo aqui.
Beijos

Beta disse...

Passando para retribuir a visita!
Achei linda a sua história.
Tb gostei muito do seu blog.
Estarei sempre por aqui ok?
Um grande abraço!!

Beta

Stella Tavares disse...

Ângela, voltei para te dizer que fiz nova postagem no meu blog infantil. Quando puder, passa lá pra ler.
Bjs

mundodashistoriasmagicas.blogspot.com

Natália Augusto disse...

Olá Ângela,

Obrigada pelo seu comentário ao meu texto. Adorei também o seu, porque também eu lia à noite, já na cama e, muitas vezes, era a minha mãe que apagava a luz e colocava o livro em cima da mesinha de cabeceira.

Gostava de ser como você e dar os meus livros a outras pessoas porque o "livro deve circular" e ir ter a outras mãos e outros leitores para desfrutarem do prazer que é LER!

Mas ofereço livros. Aliás é o presente que sempre escolho em primeiro lugar para presentear alguém.

Parabéns pelo blogue.

Beijos

Princesa disse...

♥*´¨)♥ ♥ BOM DIA AMIGA (o)LINDA(o)!!!
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
*´¨) ♥

Vive de tal forma que deixes pegadas luminosas
no caminho percorrido, como estrelas
apontando o rumo da felicidade
e não deixes ninguém afastar-se de ti
sem que leve um traço de bondade,
ou um sinal de amor da tua vida...

Um lindo dia para si amanhã !



♥*´¨)♥ ♥beijinhos
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
*´¨) ♥

Mariana disse...

Angela esta história dá um livro.
Adorei!
Agora a tua primeira paixão, foi muito bem escolhida.
Maravilhoso este post.]
Obrigada pela tua presença no meu espaço.
bjs

angela disse...

Beta
Prazer te-la aqui, sera sempre bem vinda
beijos

angela disse...

Stella
Logo irei lá
obrigada
beijos

angela disse...

Natalia
Obrigada pelos comentários, gostei de seu blog também
beijos

angela disse...

Princesa
obrigada pela visita
beijos

angela disse...

Mariana
Gostou do Pato Donald?
Você é muito gentil
beijos

Franz disse...

Menina, que blog legal. Tb me vi no seu texto. Algumas dessas manias são as minhas tb.
Ah! 46 comentários numa unica postagem, UAU! Parabens! Voltarei mais vezes
Franz

Conceição Duarte disse...

ANgela, muito legal sua paixão pela leitura... Ela é grande companheira e dativa mesmo!
Um beijo grande e meu carinho à você.
Minha viagem foi linda e ja sinto vontade de voltar heheheh Muito bom por o pé no mundo não é?
Vamos ver, volto logo mais...
bj
CON

Daniel Costa disse...

Ângela

Creio que para se escrever bem, como o fazes é preciso ler (saber ler) viver no que se lê. A tua peça vem confirmar o que penso.
Depois também é preciso procurar saber contar o que a memória retém. Mesmo ficcionando, haverá sempre um pedaço de nós mesmos.
Curiosamente, sempre que editamos um texto, ele deixa de nos pertencer, no seu todo.
Sendo assim quanto escrevemos, naquele acto que julgams solitário, passará a não o ser, outras pessoas irão achar que encontram ali o seu espelho, o que talvez me tenha acontecido.
Beijos,
Daniel

meldevespas disse...

Olá Angela! Em primeiro lugar um muito obrigado pela visita lá ao Meldevespas.
Gostei muito deste texto que aqui nos deixaste, ele mostra bem a tua paixão pelos livros, pelas palavras e pelas pessoas. Também partilho dessa paixão, e acredito piamente que ler nos faz melhores pessoas, ler ajuda-nos a saber ouvir, uma coisa que nos dias que correm parece estar a entrar em desuso.
Beijo

Shin Tau disse...

angela

passei para agradecer a tua presença na Cova do Urso. Fiquei muito feliz com a tua resença, obrigada!

Beijocas

Lídia Borges disse...

"Adoro Ler e o melhor de amar ler é que essa paixão não exige nada em troca nem sequer fidelidade."

É mesmo, nunca tinha pensado nisso.

Bom texto!

angela disse...

Franz
Obrigada, mas seu blog é 10, bonito e com textos "deslizantes".
beijos

angela disse...

COM
A leitura nos da muita coisa mesmo, e viajar é outra coisa que eu adora é bom mesmo por o pé no mundo.
beijos

angela disse...

Daniel
Resumiu tão bem as questões da escrita, adorei seu comentário.
Obrigada querido.
beijos

angela disse...

Mel
Gosto mesmo de ler e de ouvir, gosto de pessoas. Você me entendeu bem.
Obrigada
beijos

angela disse...

Shin Tau
Foi um prazer
obrigada
beijos

angela disse...

Lidia
Obrigada pelo comentário, eu também não tinha pensado nisso, pensei conforme fui lembrando de minhas paixões por autores, são tantos...
beijos

Eliane Jany Barbanti disse...

Oi Angela, nossa como tem comentário no seu blog!!! Que popularidade hein menina!!! Parabéns. voltando ao Fitness...
Você tem razão Angela, estes exercícios com toalha dão mais estabilidade sim. Podem ser feitos tb com corda ou tiras de borracha- thera-band. Os exercícíos para alongamento do quadríceps podem ser feitos deitada de lado. Experimente, acho que v/c vai conseguir sim. Me conte tá?
Bjs

AFRICA EM POESIA disse...

Angela

Passei e nesta leitura paro para falarda ...VIDA...

Obrigada pela sua presença e...
É verdade

a Vida tem mesmo que ser vivida para ter Valor

Esta vida é complicada mas sempre com momentos muito bonitos,,,

Saibamos vivê-los

Um beijinho para si

Karina disse...

Adorei o texto Ângela!
Muito legal ver que sua vontade de ler foi maior do que qualquer regra imposta pela sua mãe.

E essa desilusão com o Pato Donald também não deve ter sido nada fácil! Hahahaha!

Gostei muito da última frase do seu texto: "Adoro Ler e o melhor de amar ler é que essa paixão não exige nada em troca nem sequer fidelidade."

Beijos!

Claudio Kezen disse...

Ângela: também esperava com ansiedade cada nova edição dos gibis da Disney. Mas o que marcou mais minha infância foi uma coleção de clássicos da literatura infanto-juvenil que eu pedi e meu pai comprava 4 volumes por mês. Eu e minhas irmãs devorávamos Alexandre Dumas, Jack London, e outros grandes autores e livros maravilhosos. Pena que tanta coisa se perdeu, mas o que ficou pretendo dar para meus filhotes que ainda estão em fase de alfabetização. Bjs carinhosos.

J. Araújo disse...

Um excelente post sobre a leitura o seu. Acredito que os livros de histórias infantis é um dos melhores começos.

Eu, particularmente já começei lendo jornais velhos(rsrs). Cada uma com sua sorte.

Bjss

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

Angela linda, seu blog é sempre um aprendizado e aprendi a ler ouvindo meu vô contar histórias e sempre lendo perto de mim,ando ausente mas logo retorno...
abçao e ótimo fds!!!!
lane

Danielle disse...

Gostei muito de conhecer sua história de leitura, Angela! A minha bastante diferente. Acredita que eu não gostava nem um pouco de ler quando criança. Gibis sim, eu lia muito e amava, mas livros, nada. Nunca li Monteiro Lobato, apesar das minhas amigas terem coleções inteiras dele. Eu era muito moleca. Até meus 14 anos, preferi as árvores aos livros. Só quando entrei no colegial as coisas mudaram um pouco, e no cursinho estranhamente decidi fazer "Letras". Na faculdade eu me encontrei - ou melhor, acho que me redescobri - e agora os livros são uma parte fundamental da minha vida.

Bjos
Dani

Ana Lúcia Porto disse...

Ângela, já vi reportagens sobre pobres que se formaram lendo em biblioteca...
Enfim, ler não é apenas para quem pode, é para quem quer...

Aqui - Ali - Acolá disse...

Bom dia Angela:

Gostei imenso esta sua narrativa sobre a leitura e interpretação do livro e coisas afins ligadas à leitura.

Tenho para comigo desde sempre, o vício da leitura onde tive épocas em que quase comia um livro (isto no sentido de querer ler até acabar mesmo que para isso o sono apertasse comigo).

Adoro ler de tudo um pouco, onde o que mais me seduz é a Poesia, não só em verso ou prosa mas também a chamada Poesia extendida, corrida em forma de livro normal.

Um livro para mim é uma coisa género de jóia, que não deixo sair de mim como sai o tempo a cada dia que passa.

O velho poeta que é o Povo tem uma frase muito antiga sobre o livro e a leitura:

Ama o que lês, guarda o que leste e ficarás mestre!..

Uma linda definição do que é a leitura onde ela muito nos ensina e nos faz muito mais cultos dentro de todos os parâmetros de qualquer leitura existente.

Parabéns por este post que está muito bem delineado por si a seu modo e com dicas para todos que o lerem.

Bjos, felicidades dia de paz e alegria lhe desejo.

angela disse...

Eliane
Obrigada, vou busca-lo
Tentarei os alongamentos e conto depois como foi.
beijos

angela disse...

Lili
Tem momentos que fazem com que ela valha a pena.
beijos

angela disse...

Claudio
Adorava os gibis, mas gostava dos livros também.
Bonita essa sua preocupação em passar boas coisas para seus filhos.
beijos

angela disse...

J. Araújo
Descobri que não importa por onde a gente começe, o importante é começar e quem gosta de ler, lê qualquer coisa que lhe caia nas mãos.
Obrigada pelos comentários.
beijos

angela disse...

lane
É um prazer te-la aqui.
Obrigada pela leitura e pelos comentários.
beijos

angela disse...

Danielle
Ainda bem que existem as excessões para ajudar a colorir o mundo.
Penso que o que importa é ler, não interessa o que, oresto vem com o tempo.
Gostei do seu depoimento, e como lá no fundo a gente sabe para onde ir.
Beijos

angela disse...

Ana
Verdade, o que importa é gostar.
beijos

angela disse...

Aqui-Ali-Acola
Que comentario bonito você deixou aqui!
Obrigada por te-lo feito.
beijos

angela disse...

Karina
Pois é ela conseguiu me disciplinar um pouco, o que me foi muito útil na vida, mas algumas coisas escaparam o que me ajuda a ficar viva.
A desilusão foi dura...rsrs
Beijos

Chica disse...

Muito legal Angela e ler é bom pois o fazemos quando quisermos, não precisa muita coisa...Nós e o livro,,,um beiojo e obrigado sempre pela participação nos CONTOS e blogs. Tudo de bom,chica

angela disse...

OI Chica
Obrigada pela visita.
Gosto de participar dos contos.
beijos

Sandra Botelho disse...

Eu tambem amo ler, qdo não estou blogando geralmente estou lendo.E gosto de viver as histórias que leio, mergulho nelas a tal ponto, que as vezes me confundo entre o real e o imaginario, isto aconteceu quando eu estava lendo a serie crepusculo, maravilhosos todos os livros, recomendo.
Angela obrigado por seu carinho em meu blog,seus comentários são extremamente importantes para mim.
Beijos!

Maria José disse...

Concordo com você. Livro é para circular. Conhecimento é para ser disseminado. Hoje em dia só guardo comigo livros de estudo. Os demais, eu dou para os amigos. Não tem sentido deixá-los numa estante como troféus. Passei aqui para agradecer os comentários em meu blog, que só o enriquecem e desejar-lhe um ótimo final de semana e feriado. Beijos.

GUILHERME PIÃO disse...

Em casa temos o hábito de ler e isto vem de longe.
Entrei no pré-primário com 5 anos sabendo ler, lia tudo e até hoje continuo, nem bula de remédio escapa.
Abraços

angela disse...

Sandra
Obrigada pela visita e pelos comentários
beijos

angela disse...

Maria José
Verdade e além do mais juntam um pó danado.
beijos

angela disse...

Guilherme
Obrigada pela visita.
També não resisto a uma bula.
beijo

Elaine dos Santos disse...

Oi, Angela! Adorei o blog, suas reflexões sobre vida e poesia. "Virei freguesa". abçs :)

angela disse...

Elaine
Elaine
Tambem virei freguesa.
beijos

Lívia Luz disse...

Oi, Angela! Também adorei o blog, e esta postagem está excelente, lembra o passado.
Bj no coraçãoo

Francine disse...

Gostei de você ter colocado uma imagem do filme 'O leitor', combinou muitíssimo bem com o tema.

obrigada pela visita e elogios ;)

Um beijão!

angela disse...

Livia
Obrigada pela visita.
Lembra sim, talvez por que eu tenha mais passado que futuro
Beijos

angela disse...

Francine
Obrigada pelos comentários.
beijos

Anjo azul disse...

Olá Angela,
Venho trazer-lhe uma flor que colhi no jardim da amizade. E desejar um fim de semana replecto de Felicidades

Beijos
Anjoa zul

Whispers disse...

Um bom livro e o melhor companheiro que podemos ter quando estamos na solidão do nosso ''eu''
Beijos mil
Whispers

Princesa disse...

´´´´´´´´´´´´¢7´´´´´´´´´´´¶¶¶¶´´´´´´7$´´´´´´´´
´´´´´´´´´´1¶¶ø¶¶¶¶¶´´´´´¶¶1´¶´´´´´¶¶¶´´´´´´´´
´´´´´´´´´¶¶¢´7´´7¶¶¶´´´¶¶¶´¶1´´´¶¶o´´´´´´´´´´
´´´´´´´´¶¶¶´´´´´´¶¶¶´´1¶¶´´¶´´´´´´´´´´´´´´´´´
´´´´´´´¶¶¶´´´´´´´¶¶¶´´¶¶ø´¶´´ø¶¶¶¶¶¶¶´´´´´´´´
´´´´´´o¶¶¶´´´´´´´¶¶¶´´¶¶o¶´´o¶¶´´´¶¶¢´´´´´´´´
´´´´´´¶¶¶7´´´´´´´¶¶7´ø¶¶ø´´7¶¶7´´ø¶¶´´´´´´´´´
´´´´´´ø¶¶$´´´´´´7¶¶´´¶¶$´´´¶¶¶´´´¶¶¶´´´´´´´´´
´´´´´´7¶¶¶´´´´´1¶¶´´´¶¶¶´´´¶¶¶´´¶¶¶ø´´¶1´´´´´
´´´´´´´¶¶¶¶71o¶¶ø´´´´7¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´¶¶¶¶¶1´
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´
Um passarinho me contou que não existe um dia especial
para sentir uma emoção gostosa.
Mas tem dias que ela é sentida muito mais intensamente.
E hoje é o meu dia de lhe dar "aquele" olá especial.
Um olá luminoso e cheio de esperança para viver...

Obrigado pela visita
Bom domingo
Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Angela
hoje deixo para ti o meu vento



O VENTO


O VENTO


Queria ser
O que queria ser?
Queria ser vento...
Para ser livre...
Para te tocar
E te abraçar

E de mansinho
Chegar-me a ti
E sussurrar-te
Como gosto de ti...

E devagar
Devagarinho
Ia-te acariciando
E tu ias notando
Que eu estava aí...

E o vento
Ia crescendo
E mesmo com força
Gostava de o ser...
Para que visses
A força que tenho...

Força do vento
Vento tufão
E queria...
Poder ter-te...
Sempre na minha mão.

LILI LARANJO

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Angela, tem livros na vida da gente que são devorados, alguns, postos de lado, ainda bem que esta parte é a minoria...
Li o poema que lembra o do Drumond, muito legal também...
Bom feriadão...um abraço na alma...bjo

angela disse...

Anjo
Recolho a flor com carinho
Obrigada
Bom domingo
beijos

angela disse...

Whispers
Um bom livro é sempre um bom companheiro.
beijos

angela disse...

Princesa
Obrigada pela visita
Bom domingo
beijos

angela disse...

Lili
Se fossemos ventos poderiamos estar conversando no ceu agora.
Adorei esse seu poema, já lhe falei.
Obrigada por deixa-lo aqui
beijos

angela disse...

Elcio
Obrigada pela vista e por ter lido meu texto e meu poema.
bom domingo
beijos

Uber Expresso disse...

Olá Angela, que delicia ler os seus hábitos de leitura...até eu voltei no tempo!!! Olha que tem gente que não gosta de ler, eles não sabem que com um bom livro não estarão sozinhos nunca!!! Ainda não li todo seu blog, mas pelo pouco que vi, estarei por aqui te acompanhando... que prazer te ler!!! Beijos e boa leitura!!!
Roberta.

angela disse...

Roberta
Fico feliz que tenha gostado. Um livro é um ótimo companheiro.
beijos

Silvio Koerich disse...

Gostei desse post. Achei foda como tu lê bastante e isso é algo que é forte na tua vida que é até algo social.

Muito inteligente que que é isso.

Silvio Koerich disse...

Não sei se já escreveu sobre isso, mas falar dos livros que mais te deixaram anestesiada por dias é uma boa.

Tem livro que eu leio e fico podre por dias pensando rs.

angela disse...

Silvio
Obrigada pelos comentários e pela sujestão. Alguma hora eu escrevo sobre os ivros que mais gostei.
beijos

~PakKaramu~ disse...

Visiting your blog

Lau Milesi disse...

Olá Angela!! Tudo bem? Adorei ler suas "memories". São lindas!! E vi muitas das minhas "memories" nas suas.rs
Impressionante como o Pato Donald marcou nossas vidas ( em relação aos quadrinhos) não no "sovino, "mão de vaca", que ele é [rs].
Angela, meus pais sempre me presentearam com livros,fiz e faço, ainda, o mesmo com meus filhos e agora sigo o ritual com meus netos.
Eu fiquei sem falar quando li "Olhai os Lírios do Campos",de Érico Veríssimo. Depois vieram Sartre e outros.
Como dizia Quintana : " Qual Ioga, qual nada! A melhor ginástica respiratória que existe é a leitura, em voz alta, dos Lusíadas".

Um beijinho e parabéns pelo post.
Ah...obrigada por suas visitas ao meu blog. Adorei vc ter viajado comigo.rsrs

angela disse...

Pakkamaru
Grateful

angela disse...

Lau
Obrigada pela visita e pela companhia.
Acho que eu me identificava com o Donald azarado.
beijos

A Tela disse...

Angela, quem gosta de ler e respeita os livros sempre se entende...Também adorei The Reader (o filme) e tenho o livro (oferecido por uma amiga), claro!
Respondi ao teu comentário, no meu blog, obrigada

Renato Fierce disse...

Olá, que legal saber que mais alguem também lia desde pequeno rótulos de produtos a mesa rs, ou shampoo, enfim, eu acho que começei a ler um pouco mais tarde que vc, mas adorava ficar lendo tudo que via nas ruas, de dentro do carro, e falava em voz alta, levei muita bronca por conta disso rs... Hoje sou também muito cuidadoso com meus livros, encapo, nomeio, rotulo, rsrs, e empresto em último caso! Gostei do seu Blog! E muito obrigado pela visita e pelo comentário! Bjao.

angela disse...

A Tela
Obrigada pelos comentários.
beijos

angela disse...

Renato
Shampoo também, tinha me esquecido dele..rs
Obrigada pela visita e pelos comentários.
beijos

Andreia disse...

Olá Angela!
Obrigada pela visita querida, adorei teu cantinho, muito lindo e acolhedor!
Adorei conhecer tua história e teus hábitos de leitura, muito rico teu post. Parabéns querida pela bela participação.
Doce beijo para ti...

angela disse...

Andreia
Obrigada pela leitura e pelo carinho
beijos

natalyfala disse...

Oi Angela, nossa adorei seu texto.. Me identifiquei com tantas partes.. Concordo com vc, quando diz que livros têm de circular, nada de fazê-los criar bichos, o bom da leitura é compartilha-la com mais gente possível, essa é a coisa mais fantástica da literatura..
É isso..
Parabéns pelo lindo texto..

angela disse...

Nataly
Fiquei contente que tenha apreciado o texto e compreendido minhas manias.
obrigada
beijos

Kaf disse...

Angela,

Gostei muito do seu texto. A proporção q fui lendo, vieram a minha cachola sob a forma de imagens, os eventos neles retratados.
Que emoção e sintonia entre a leitura e as suas etapas de vida.

Obrigada pela visita.

Carinhosamente,

Kaf

angela disse...

Kaf
Gostei do seu comentário, obrigada.
beijos

Flávia disse...

Passando pra retribuir a visita e te agradecer pelo comentário. Deixei resposta lá na minha página.
Que grata surpresa receber a dona do Entremeios em meu humilde Lugar de Mato Verde. Estou muito honrada.
Sou blogueira iniciante, mas já li muitos textos seus. Demorei bastante pra entrar no mundo blog, mas já valeu à pena pelo incentivo que venho recebendo.
Um beijo grande e parabéns pelo seu texto tb. Fofo, como eu imaginava que seria!

angela disse...

Flavia
Honrada sinto-me eu.
Obrigada pela gentileza das palavras
beijos