sábado, 7 de novembro de 2009

Bondagem


O que amarra é esse silencio

Cheio de palavras não ditas

Que se negam a partir

Sem serem ouvidas.

Fale!

E me liberte.



(imagem retirada do Google)

52 comentários:

Chica disse...

É bom falar logo, colocar pra fora!beijos,chica

Sandra Botelho disse...

Melhor que fale mesmo que doa, porque a dor agente cura.
Mas o silencio só aprofunda mais a dor...
LIndoooo! Bjos no coração!

Renato Fierce disse...

Um bom conselho para mim, este. Falar. Geralmente não sou adepto a esta prática rs, e fica tarde demais, sempre... E uma hora eu até falo, sim, mas para a pessoa errada na hora errada e da forma errada... liberto quem já eh livre, ou será que aprisiono em meus defeitos? Muito obrigado pelo carinho e pela atenção, adoro suas visitas! Bjao!

MOMENTOBRASILCOM.COM disse...

Ângela,é sempre bomp/a saúde n/ deixar nada p/depois. Há um premio e uma bricadeira p/vc.Abrçs.Roy Lacerda.

angela disse...

Chica
Não há duvídas de que o melhor é falar.
beijos

angela disse...

Sandra
O silencio aprofunda tudo.
beijos

angela disse...

Renato
Sei bem do que esta falando....rsrsr
beijos

angela disse...

Roy
Obrigada pela indicação.
Tem coisas que precisam ficar para depois e você sabe disso.
Beijos

Norma Villares disse...

Eiba!
Angela com sua criatividade, brinda-nos com o melhor.
Vamos ao silêncio...
Abraços ricos de silenciosa energia

.Lis disse...

Oi An gela
O silencio pode ser uma lâmina ,um grito , um mistério e pode até ser companheiro.Descanse o coração e a hora da palavra virá.
Beijinhos

Conceição Duarte disse...

Tudo pode ser bom, em busca da paz!

Dead Lindsae disse...

Como eu odeio esse tipo de coisa que fica subentendido. Subentendido é coisa de gente sem coragem de assumir o que sente...

Cadinho RoCo disse...

Se falar desamarra
Cadinho RoCo

angela disse...

Norma
Obrigada querida.
beijos

angela disse...

Lis
Verdade, tudo ao seu tempo.
beijos

angela disse...

Conceição
Grande verdade amiga.
Beijos

angela disse...

Dead
Nem sempre dá, nem sempre pode, tem coisas dificeis e complexas.
beijos

angela disse...

Cadinho
Acho que se a palavra não desamarrar nada mais desamarra.
beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

Não guardo nada dentro de mim, jogo tudo para fora.

Fim de semana de luz,amor,saúde.

beijooo.

angela disse...

Pelos caminhos..
Feliz de quem consegue ser assim.
beijos

REGINA GOULART SANTOS disse...

É sempre bom falar.
Angela, tem um selinho, prá você, que ganhei do Roy. Uma brincadeira salutar.
Bjs.

manuel marques disse...

Oi Angela,lindo,lindo,lindo.

beijo querida amiga.

angela disse...

Regina
Obrigada, vou lá busca-lo.
beijos

angela disse...

Manuel
Obrigada querido.
beijos

leonor_cordeiro@uol.com.br disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
angela disse...

Leonor
Meu desejo é que se recupere logo e possa usufruir da vida com maior liberdade.
beijos

Anônimo disse...

Querida Angela,
Suas visitas são presentes ...
Obrigada por compreender a minha ausência nesse momento, espero logo estar totalmente recuperada para voltar a frequentar os blogs das minhas amigas.
Um ótimo domingo para você !
Com carinho e afeto,
Leonor

(Angela, poderia deletar o comentário anterior ?Estou apanhando nessa volta aos blogs, estou errando na hora de selecionar o perfil - coloquei meu e-mail...)

tereza ferraz disse...

Querida Angela!
Silêncio ou palavra?
...ambos podem ter as duas faces.
um belo domingo

angela disse...

Tereza
Vai saber...
beijos

Luciano Braz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciano Braz disse...

Oiiii Angela ,
Fortissimo estas suas palavras hein ... e como é ruim o silencio diante de uma necessidade ou euforia.
COmpreendo bem isto.

Bom aproveito para agradecer a visita e especial carinho viu, muito pertinente seu comentário.

Abraço
Luciano

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Ângela! Estava passeando, assim como quem não quer nada, quando de repente avistei um lindo espaço. Daí então, para satisfazer a minha curiosidade, não deu outra, invadi e, para minha surpresa, avistei uma jovem bastante pensativa, angustiada com o silêncio de alguém que somente lhe impunha apreensão. Neste momento, não resisti em dizer-lhe que no meu caso, abro o leque, falo tudo que tiver de falar da forma mais sincera possível.

Adorei amiga. Bastante profundo.

Beijos,

Furtado.

angela disse...

Lucianp
Obrigada pela visita e pela compreensão.
beijos

angela disse...

Rosemildo
Um prazer recebe-lo e obrigada pelo carinho.
beijos

Maria José disse...

Angela. Há dois selinhos de presente para você em meu blog. Venha pegá-los. Passo-os com muito carinho a você.

angela disse...

Maria José
Obrigada vou busca-los
beijos

Graça disse...

Angela,
vi um comentário seu nos Escritos na Memória da nossa amiga Lu, e queria dizer-lhe que, como autora do artigo que e você chegou a ver, tenho o Projeto todo em meu blog botoesmadreperola.blogspot.com
Carinhosamente a convido a conhecê-lo, o que me dará muita honra.
Um abraço!
Seu poema fez-me refletir...

AFRICA EM POESIA disse...

Angela

Esta é a maneira poética de eu ver o grão do café...
Meu amigo...
Meu aliado
Com quem sempre vivi...
e era lindo sentir o doce do bago e brincar na sua palha...




MOINHO DE CAFÉ


Café...
Castanho...
Redondinho...
Colocado no moinho...
Moinho que mói...
Que o envolve...
E o transforma...
E tu...
Ficas mais leve...
Mais fino...
Mais puro...
E mais macio...
E é aí que...
Sentes o poder...
De te transformares...
Para nos poderes deliciar!...

LILI LARANJO

Lara Amaral disse...

Sem dúvida, o pior são as palavras não ditas.

Gostei, Angela!

Beijos.

angela disse...

Graça
Já dei uma olhadinha e vou voltar com mais tempo.
É importante esse trabalho.
beijos

angela disse...

Lili
Obrigada pelo poema
beijos

angela disse...

Lara
Também acho.
Obrigada pela visita
beijos

Marcos Takata disse...

Angela
Com esse brinde do silêncio
Fico em silêncio
Namasté

Gaivotadourada22 disse...

Lindo Poema Angela, esses são os silêncios que gritam sem som no nada... Mas ainda assim nos tornam prisioneiras... Lindo Blog, parabéns! Abraços!

A Magia da Noite disse...

por vezes o silêncio forçado é uma algema que prende os movimentos.

angela disse...

Gaivota
E como gritam.
obrigada e volte sempre.
beijos

angela disse...

Magia
Prende mesmo, prende até a alma.
beijos

angela disse...

Marcos
Obrigada querido
beijos

Hugo Cheng disse...

E simplicidade fez o silencio.
Bjs

angela disse...

Hugo
Obrigada querido
beijos

Anônimo disse...

me add carlimsex@hotmail.com

valeuuuu

Anônimo disse...

uukv zbjnh Free Porn qybxtx d ti d ndl