quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Um Haikai e um comentário


Hoje a postagem é triste, pensei se a faria ou não.
Algumas semanas atrás li um Haikai no blog coletivo, mirada anterior postado por Edmar Oliveira, que além do Mirada tem seu blog Piauinauta
A foto, ganhadora de um Pulitzer, eu já a tinha visto, assim como acredito que a maioria de vocês.
Escrevi um pequeno poema, pequeno pro tamanho da dor.

Haikai

(Foto de Kevin Carter. Abutre aguarda morte de criança no Sudão)


abutre alado

prometeu acorrentado

comer meu fígado.


(Edmar Oliveira)



Meu texto.

A imagem me congela
O bicho a espreita da carne.
Carne tenra de criança,
Que de fome se consome,
Resignada como a gazela,
Que se aquieta nas presas da fera.
O bicho espera com calma
Sabem que a morte é certa.
E o homem?
Onde está o homem?
Um tira a foto que agora me consome a alma.
Um haikai perfeito

52 comentários:

MOMENTOBRASLCOM.COM disse...

Ângela, a foto traz-no triteza.Mas ñ só do pão vive o homem. Estas 'situações' acontecem para nos mostrar que é preciso amar e ajudar o próximo e nos fazer entender que temos de dar valor a tudo aquilo que temos.Abrçs. Roy Lacerda.

Selena Sartorelo disse...

Olá Angela...

Mais que um soco, um corte
Simboliza a própria morte
na pele do que chamamos vida e esperança
a criança.
Não tenho prazer é a primeira vez que choro ao escrever pois não é esse meu ver.
Procuro a vida de beleza e ternura
Amor incondicional
Longe dessa coisa brutal
Fujo da dor
Como quem corre pro amor.
Fui procurar o culpado
mas não o encontrei
Sentenciada é assim que estou.
Sem despedidas

.Lis disse...

Chocante e doído demais Angela .
Sem muitas palavras, o silêncio na dor profunda.
" onde está o homem ?"
abraços

AFRICA EM POESIA disse...

Dulce


Deixo com carinho.
é do melhor do meu livro MAGIA DE NATAL...

O DIA LONGO


O novo dia nunca mais chega...
Acordei cheia de impaciência...
Ouvi dizer...
Amanhã é Natal...
É um dia de Amor...
Acordei...
Para ver o que se passaria...
E olhei o céu...
Era igual ao céu de ontém...
E olhei o sol...
Como ontem...
O sol estava escondido...
E fui procurando...

Para mim...
Nada de novo...
Não via o Natal...


A minha casa...
Continuava igual...
As janelas...
Tinham os mesmos vidros...
Velhos e partidos...
A porta...
No fundo...
Com os mesmos buracos...
Onde os ratos
Entravam...
Sem pedirem licença...

Voltei a olhar...

E o Natal...
Afinal onde estava?
Procurei debaixo
Da grande pedra...
Na berma da estrada...
E não encontrei nada...

Depois fui a casa...
E trouxe um pão...
Pão simples, mas bom...
Quando...
Dei uma dentadinha
Com os meus dentinhos...
Pequeninos...
Vi um menino...
Pequenino como eu...
Com os olhos abertos...
A olhar o meu pão...

Nesse momento...
Senti que gostaria...
Que fosse meu irmão...

Peguei no meu pão
Dei-lhe metade...
Demos as mãos...
Caminhamos pela estrada
E
Uns anos mais tarde...
Entendi...
Que nesse dia...
Tinha sido NATAL...

LILI LARANJO

REGINA GOULART SANTOS disse...

Angela, absolutamente chocante.
Enquanto homens têm fome de ganância, outros inocentes, morrem, com fome e desprezo.

Bjs.

Dead Lindsae disse...

Lindo poema, foto feia.

Chica disse...

Ficamos tão tristes ao ver cenas assim,mas existem são reais...Infelizmente!beijos,tudo de bom,chica

angela disse...

Roy
A foto é brutal, mas real. e concordo com você.
beijos

angela disse...

Selena
Tanto tempo sem aparecer e avisei que era triste a postagem.
Chorei também quando escrevi, Choro ainda quando a vejo, me horrorizo quando penso que tantos passam por isso há tanto tempo nesse mundo. Não simboliza a morte, é a morte acontecendo. Não fujo dela, nem a procuro, ela vem até mim e nesses momentos admiro e amo mais as Madres Terezas que com seu amor convivem com a dor do outro para ajuda-los.
Santas e anjos sem duvída.

angela disse...

Lis
Doido mesmo.
beijos

angela disse...

Lili
Acho que se enganou querida.
beijos

angela disse...

Regina
Triste realidade a nossa, mas lembre-se que tambem temos almas boas que se preocupam e cuidam.
beijos

angela disse...

Dead
Verdade, tem razão
beijos

angela disse...

Chica
Estão ai acontecendo e isso é o terrivel. Pergunte onde ha uma guerra e lá estarão todos os horrores.
beijos

Lau Milesi disse...

Triste, muito triste. Porém, infelizmente, a realidade de muitos.
Perfeita sua "leitura" através de versos.
Um beijo

angela disse...

Lau
Obrigada pela compreensão.
beijos

A Magia da Noite disse...

o Homem esquece-se que apenas está olhando o seu reflexo no espelho, que não é a fartura que o salvará de mesma sorte, a morte.

Hod disse...

Alôha querida e doce Angela!!!
Seu texto/coment, bastante reflexivo!
A Natureza é isenta de moral e justiça.
Os acontecimentos que cercam essa imagem são também surpreendentes.
A cena é de 1993 o Prêmio Pulitzer em 1994 e no mesmo ano o Fotográfo Kevin Carte comete suícidio.... Eis o link.
http://farias.wordpress.com/2007/03/18/foto-de-kevin-carter-em-1993/
O que mudou nos últimos 15 anos? É no minimo estarecedor!!!

Contente com sua visita!! Bom final de semana

Alôha com forte abraço!!

Hod.

Sandra disse...

Relamente,amiga, é muto triste. Mas temos sim, que publicar e senbilizar as pesssoas, para tal fato.

Também aproveito para ..


Retribuindo todoas as suas visitas e lhe dizendo..
O mais importante é....
É um prazer receber vc. todos os dias em minha casa..
Muito obrigada, pelo seu carinho.
Hoje tenho a certeza, que amizade aqui formada, não vai ter um fim. Mas teve um caminho sólido e firme.
Todos os amigos conquistado, fizeram de mim, uma pessoa mais corajosa, para entrar neste meio virtual. Muito obrigada.. Todos os meus blogs, agradecem, o seu amor, afeto, carinho de todos os dias.
Sei que não foi possível ir visitar a todos, mais um meu pensamente e coração, vc. está presente, todas as manhãs.
O circulo de amogos cresceu e me fez mais feliz.
Amo cada um que, por lá passam.
Consegui, com a minha simplicidade e carinho, cativar tantas pessoas lindas e maravilhosas.
A bela frase, que diz: "VOCÊ SE TORNAS ETERNAMENTE RESPONSAVEL POR AQUILO QUE CATIVAS", É A MAIS PURA VERDADE.
BELO ANTOINE,( do livro:Pequeno Principe), QUE ESCREVEU ESTA LINDA VERDADE..
Pois, sabia da importância de termos um amigo. seja ele onde fosse. real, ou imaginario, perto ou ausente. na vida ou na virtualidade.
Você hoje faz parte desse meu mundo, tão cheio de alegria,e vida.
além de me proporcionar, novos conhecimentos.
Muito obrigada amigo, peloa sua companhia.
Sei que tenho muito a retribuir e agradecer.
Obrigado pelo paciência de me ouvir, ler as minhas angustias. Obrigada, por ter compartilhado, comigo todos os momentos desse, ano. Sei que as vezes foram dificuldades. Mas que valeram muito para o nosso crescimento pessoal. Muito obrigada pelos caminhos, mais floridos e e fácil de seguir.
com a sua ajuda, sorriso e atenção, a jornada, foi mais leve.
Agradeço do fundo meu coração todos os momentos, que sorrimos, juntos, através deste meio.
Quando a amizade é verdadeiro, tudo vale.
A Sinceridade, a Honestidade, são virtudes, que fazem os nossos valores crescrem sempre mais.
Valeu pela sua companhia e me perdoe a demora de retornar. Estava muito facil, esta semana. na próxima, vai ficar um pouquinho, mais apertada. Por isso, já lhe estou agradecendo, por todos os momentos felizes.
Valeu pela sua Amizade, companheirismo, atenção e dedicação.
Seu afeto, terá um peso muito importante na minha vida.
Valorizao, cada pessoa que chega e vai..
Até mais,
Sandra

manuel marques disse...

Fantástico,além da tristeza , sua postagem me encheu a alma.
Parabéns.

Beijo querida amiga.

Maria Ribeiro disse...

Ângela: CONHEÇO ESSA FOTOGRAFIA QUE TEM CORRIDO MUNDO COMO denúncia da situaçao miserável que se vive no SUDÃO e na região do DARFUR, mais especialmente. Dói na alma e dói a ALMA! Até para se nascer é PRECISO TER SORTE...
COMOVIDA
A LUSIBERO

angela disse...

Magia
Grande verdade meu sabio amigo poeta.
beijos

angela disse...

Hod
Realmente parece que uma tragedia puxa a outra, não deve ter sido facil andar por estes lugares.
Obrigada pelas informações complementares.
beijos

angela disse...

Sandra obrigada pela visita e pelo comentário.
Tenha certeza que é um prazer visita-la e outro recebe-la aqui.
beijos

angela disse...

Manuel
Obrigada amigo, sua opinião é importante para mim.
beijos

angela disse...

Lusibero
A vida não é facil, mas para algumas pessoas é mais dificil.
Beijos

Maria José disse...

Angela. Esta fotografia sempre me impressionou. Ja a vi várias vezes e não consigo deixar de me emocionar. É cruel. A humanidade precisa ser mais generosa. Enquanto estivermos olhando o problema e dissermos "que pena", estamos nos colocando fora do contexto. É preciso ter compaixão, colocar-se no lugar do outro. Beijos e ótimo final de semana.

Dalva disse...

Boa noite, Angela,

A imagem é mesmo chocante, e a realidade mais chocante ainda. Vivemos mesmo num mundo insano...

Beijos, e um bom final de semana!

PSICO? LÓGICO! disse...

Olá Angela!!

Eu ví esta foto e ela é realmente chocante... Me fez refletir e acredito que fez muita gente refletir também... Estamos aqui neste espaço para isso... Fazer pensar...

Parabéns pelo blog! Serei sua seguidora e colocarei um link em meu blog também.
Abraço fraterno
Adriana Pimentel

Vieira Calado disse...

A imagem é muito triste.

Mas existe...

Bom fim de semana.

Bjs

Conceição Duarte disse...

A palavra DOR, Angela, também é pequena e fala tanto dela...
Seu poema é lindo!
A foto é uma realidade que o mundo poderia ter evitado, se todos nós fossemos unidos, mas isso, parece que nunca existiu e jamais existirá.
Lamentável, lindo, triste!
Um beijo grande e bom final de semana, CON

angela disse...

Maria José
Boas considerações.
Obrigada
beijos

angela disse...

Dalva
Muito insano e cruel.
Obrigada pela visita.
beijos

angela disse...

Adriana
Obrigada pela visita e também estou lhe acompanhando.
beijos

angela disse...

Vieira Calado
O pior é que existe.
Obrigada e bom fim de semana para você.
beijos

angela disse...

Conceição
Obrigada pelo comentário lindo que deixou aqui.
beijos

luzdeluma disse...

Estarrecedor! Como bem disse é de congelar a alma. Os povos precisam desenvolver mais a solidariedade, como bem disse Frei Bento Domingues: "A solidariedade não é fruto, nem alimento do sentimentalismo. É um sinal de alta clarividência num mundo exposto aos choques das suas contínuas transformações e à ferocidade neoliberal"

*Fiquei curiosa em saber o que foi que Maria disse! (rs*)

Bom fim de semana! Beijus,

angela disse...

Luzdeluma
Obrigada pelo comentário bonito.
beijos

Lara Amaral disse...

Essa famosa imagem é realmente chocante. Mostra-nos um mundo que nós nem temos ideia de como é.

Seu poema foi sensível ao fato e à foto.

Tbm é papel do poeta retratar em palavras a dor e o absurdo.

Beijos, querida.

M. Nilza disse...

Angela,

Já faz tempo venho observando seu modo de se dirigir às pessoas e a forma como - com cuidado - vai entrando e deixando sua marca dentro de cada um de nós. Esta foto que conhecemos bem, demonstra a grandeza de seu coração, o comprometimento que vc tem com o ser "humano" nem sempre tão humano assim.

Não costumo comentar este tipo de assunto - estes que falam da dor de uma crinça - porém, me rendi á sua sensibilidade e o fiz.

Que Deus tenha piedade de todos nós!
E nos ilumine para tentarmos um pouco de justiça que falta no maravilhoso mundo que ele fez e o homem destruiu.
Beijos

Norma Villares disse...

Excelente!
Angela, esta foto tem corrido trechos, é muito triste, mas precisamos mostrar que um blog, não é só para postar fotos de carinhas bonitas. Mas o Humano tem que ser valorizado. Andei sumida, mas estou voltando.
Sublimes abraços

Higor disse...

é triste mesmo!eu já vi essa foto na internet!

angela disse...

lara
Obrigada pela gentileza.
beijos

angela disse...

M. Nilza
Obrigada pela compreensão, não foi dacil olhar essa foto mas o Haikai tão certeiro do Edmar não me deixou fugir e o horror ficou rodando aqui até sair.
beijos

angela disse...

Norma
Um prazer te-la de volta.
Obrigada pela visita
beijos

angela disse...

Higor.
Bom te-lo aqui.
beijos

Daniel Savio disse...

Senão me engano, o fotografo desta foto acabou se matando posteriormente...

Fique com Deus, menina Angela.
Um abraço.

angela disse...

Daniel
Verdade, o Hod me esclareceu um pouco mais acima.
beijos

Silvio Koerich disse...

Teus poemas em cima de imagens são destruidores e eu gosto.

Talvez porque homem é muito visual aí ele associa as coisas.

Pesadão esse.

angela disse...

Silvio
Que bom que gostou,
obrigada
beijos

Karina disse...

Ângela, já havia visto esta foto. E cada vez que a revejo, sinto um aperto no coração. Há seres humanos vivendo em condições tão indignas que mal dá pra acreditar.

Não culpo o fotógrafo. Essa foi a forma que ele encontrou para fazer uma denúncia ao mundo.

Beijos

angela disse...

Karina
Tem razão e quanto ao fotografo eu até entendo desentendendo.
beijos