sexta-feira, 9 de abril de 2010

Mini conto

Eram duas esfinges loiras sentadas uma de frente para a outra.
Ele não mexia um músculo sequer, o prato de comida a sua frente não havia sido tocado. parecia que não respirava, mas o ódio emanava em ondas e atingia a todos no restaurante.
Ela de cabeça baixa, comia devagar e com a economia de movimentos das pessoas muito educadas e cuidadosas. Qualquer deslize poderia ser catastrófico. A tensão nela era evidente.
Um casal de meia idade, loiros, bem arrumados, ele já meio careca tinha um corte de cabelo quase raspado usava um terno cinza bem talhado. Ela era tão cuidada que a impressão que se tinha era que já acordava penteada, vestia um vestido verde claro,de seda. Dinheiro ali não era problema.
Estavam tão hirtos que era mais fácil quebra-los que dobra-los. Ao fim de longos minutos quando ela terminou seu jantar levantaram-se e saíram do restaurante. Ela subiu para o quarto do hotel e ele foi para o bar, sentou-se no balcão e pediu um whisky. Começou a beber devagar, bebeu varias doses e continuou quieto O ar indignado e raivoso foi cedendo conforme o álcool subiu, e o desamparo se evidenciou mais a cada dose.
Lá pelas tantas o garçon o avisou que iriam fechar. Pagou o que devia e quando o garçon ia se retirando segurou-o pelo braço e perguntou: "O que você faria se pegasse sua esposa na Internet, falando sacanagem com outro homem?"


tela de E.Hopper - Nighthawks

42 comentários:

Lara Amaral disse...

Sempre sobra para o garçom, rs.

Beijo, Angela!

Tertúlias... disse...

Gostei... e além de tudo tem uma coisa meio "film noir". Eu sei, os dois estao na época da internet mas eu os vi como nos anos 50... como sugerido pelo quadro!

Chica disse...

´Ficou legal e pior que isso anda acontecendo mesmo,não é? beijos,lindo dia e fim de semana,chica

Daniel Costa disse...

Angela

Um conto bem gizado, em jeito de policial a deixar antever qualquer epílogo, que o leitor terá de descobrir. O homem ficou, uns copos depois, pode deduzir que apanhou a mulher no msn a divertir-se com outro.
Beijos

Lau Milesi disse...

Que situação hein...
O garçom deveria ter respondido:
"criaria um blog pra ela".[rs]

Um beijo, Angela. Que venham mais minicontos, viu?

A Magia da Noite disse...

há sempre uma pergunta quando não se encontra uma resposta.

Renato Orlandi disse...

Difícil essa. Acho que é por isso que eu não quis ser garçom, ok eu tb não sei preparar drinks. Mas hoje é tão comum isso e tão errado. Se fosse comigo eu teria que encontrar o que está faltando para ela procurar em outros, mas se fosse só por diversão, novidade... então estaria com a pessoa errada. Bjao e bom findiii, adoro seus contos!

Renato Orlandi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Doutel Coroado disse...

Cara Angela,
bem bolado seu conto.
realmente, é uma situação danada...
Gostei!
abs

Maria José disse...

Angela. Que situação!!!! Beijos e tenha um ótimo final de semana.

Maria José disse...

Angela. Que situação, heim??? Beijos e tenha um ótimo final de semana.

manuel marques disse...

Situação chata hemm...

Beijo.

Diz disse...

É acontece :)
sabe q nunca fiz sacanagem na net- só gosto ao vivo.
bjs laura

angela disse...

Lara
O garçom é um dos grandes confessores da humanidade...rs
beijos

angela disse...

Ricardo
Penso que você tem razão, o espírito deles é dos anos 50.
beijos

angela disse...

Chica
Tem acontecido mesmo.
Bom fim de semana
beijos

angela disse...

Daniel Costa
Foi isso mesmo que aconteceu...
bom final de semana
beijos

angela disse...

Lau
Só você mesmo, com esse humor...
beijos

angela disse...

Magia
Verdade, sempre há.
beijos

angela disse...

Renato
A situação é dificil mesmo, eu não sei o que faria em situação análoga
beijos

angela disse...

José Doutel
Situação dífiil mesmo
Obrigada
beijos

Aqui - Ali - Acolá disse...

Olá Angela bom dia:

Talvez seja improvável adivinhar o que ele faria à esposa neste caso.

Mas o antecedente que se estava passando à vista dele o deixou nesse estado raivoso.

Há que pensar certo no momento certo onde por vezes, o álcool é a cura para um sintoma de raiva.

Cuidado com cenas destas é o que se pede a pessoas neste estado de alma.

Costuma-se dizer que (a ocasião faz o ladrão), tendo por base este post, o homem até poderia apoiar a mulher para que o outro do lado de lá ficasse na lista dele como um predador sexual.

E não é assim que se está passando estas cenas pelo mundo actual?

Bjos, bom fim de semana muito feliz.

angela disse...

Maria José
Uma situação difiil
beijos

angela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
angela disse...

Manuel
Muito chata mesmo
beijos

angela disse...

Laura
Eu também.
beijos

angela disse...

Aqui-Ali-Ácola
Realmente tem acontecido coisas muito estranhas
beijos

Norma Villares disse...

Rolou Barraco?????
Se não rolou, é um KOAN.
Muito bom seu conto Angela, deu uma dor na barriga de muita emoção, risos...
Beijinhos

angela disse...

Norma
se rolou...ninguém sabe, ninguém viu...rs
beijos

EDER RIBEIRO disse...

O teu texto é envolvente e com este final inquietante que nos joga para dentro da história e nos paralisa. Tem pessoas que acham que só de pensar em trair já é traição. Bjos.

REGINA GOULART SANTOS disse...

Angela, minha amiga.
Creio já ter presenciado esse tipo de situação entre casais... porque existem pessoas e pessoas... e é triste quando esse tipo de coisa acontece, porque denota um certo distanciamento na relação do casal que provavelmente, poderá estar meio desgastada. E ela, hipoteticamente falando, por não encontrar suporte em casa, procurou outras alternativas, e ele, encontrou na bebida, a saída errada para seus problemas...
Maravilhoso estar com alguém que se ama incondiconalmente e de forma libertadora.
A vida se apresenta de outra forma, tudo bem colorido, agradável... uma questão de afinidades, compreensão e bem-querer de verdade.

Muitos beijos de luz

Silvia C. Barbosa disse...

Internet e bebida devem ser apreciada com moderação. Do contrário a vida acaba ficando em segundo plano e dominada por tais vícios. (Sobrando para o garçon)

Beijos

angela disse...

Eder
Obrigada e tem mesmo muita gente que considera pecado pensar.
beijos

angela disse...

Regina
Devem ter suas razões para agirem assim
Bom domingo
beijos

angela disse...

Silvia
Acho que tudo que é demais acaba fazendo mal.
beijos

Sylvia Araujo disse...

rsrsrs que maravilha. Um final surpreendente. E deve ter deixado o garçom meio constrangido. Qualquer resposta ia dar confusão. rs

Adorei, Angela!

Beijoca

angela disse...

Sylvia
Imagino a cara do garçom..rs
beijos

Karina disse...

Adorei!

E juro que até o meio do texto julguei o homem como um cara violento e alcoólatra. Coitado, a vítima era ele!Hahaha!

Ah, a imagem se encaixou muito bem no texto! Senti como se estivesse lá, presenciando a cena!

Beijos!

Daniel Savio disse...

Acho que pirava...

Fique com Deus, menina Angela.
Um abraço.

angela disse...

Karina
Vai saber quem é a vitima...
beijos

angela disse...

Daniel Savio
A situação é mesmo dificil
beijos

VELOSO disse...

Ainda bem que nunca fui garçon!!