quinta-feira, 10 de junho de 2010

O Pássaro que Dança


Um deus antigo, um anjo
Levita
Volteia
Rodopia
Hipnotiza
Em sua perfeição
Eleva
Enleva
Encanta
A sua dança leva
Uma estrela
Que pousa no coração.


Postagem conjunta com Ricardo do blog http://tertulhas.blogspot.com/

Quando Baryshnikov recebeu a medalha de ouro do Kirov na Competição Internacional de Ballet em Moscou em 1969, Maya Plissetskaya, que estava no juri deu-lhe 13 pontos dos possíveis 12...








34 comentários:

Lara Amaral disse...

Sim, ele era um gênio da dança. Os movimentos eram inerentes a ele, incrível, né? Adorei o poema e o vídeo.

Beijos.

Chica disse...

Lindo e ele era um pássaro, leve, leve...beijos,tudo de bom,chica

Tertúlias... disse...

Achei a idéia ótima!!!!!!!!!!

José Doutel Coroado disse...

belo post...
juntando duas artes fabulosas...
abs

Daniel Costa disse...

Angela

Encantado fiquei eu pela desenvoltura do ritmo do pema. Depois também gostei do video.
Beijos
Daniel

Deia disse...

O Poema parace que dança junto com o bailarino. Uma das artes das quais menos falamos, menos prestigiamos, menos nos envolvemos. No entanto, ao ver imagens de uma dança perfeita como essa, lembramo-nosde toda a emoção que ela nos desperta. Um beijo, Deia

angela disse...

Lara
Ele realmente era único.
beijos

angela disse...

Chica
Realmente ele era um pássaro.
beijos

angela disse...

Ricardo
Que bom que gostou!
Obrigada por compartilhar comigo esse post.
beijos

angela disse...

José Doutel
Obrigada
beijos

angela disse...

Daniel Costa
Obrigada amigo.
beijos

angela disse...

Deia
Que bom que gostou.
Tem razão, falamos pouco dessa arte, nosso amigo Ricardo fala mais.
beijos

Carmem L Vilanova disse...

Angela, linda
Depois de um nariz quebrado, de uma maratona de gripe coletiva estou de volta aos meus passeios blogosféricos e vim ver-te justo hoje, que é um dia tão lindo!
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Hod disse...

Espetacular Angela, vè-lo leve de qualquer ângulo é um glamour.
Grato por sua visita amiga, gostei do seu sentir.

Beijo pra vc.

Bom Domingo.

Maria José disse...

Nossa. Não me canso de ver qualquer tipo de dança. Sempre adorei este tipo de arte. E Mikhail era absolutamente perfeito. Quanta dedicação e disciplina para se chegar a esse nível de perfeição. MARAVILHOSO. Beijos e ótimo domingo.

Mariana disse...

Lindo este homem q dançava como os pássaros.
Acho q dançar e encantar é um dom.

EDER RIBEIRO disse...

Retrataste muito bem o gênio Mikhail Baryshnikov. Bjos.

A Magia da Noite disse...

esse pássaro que voa, liberta o anjo que em nós habita.

Chica disse...

Volto pra te agradecer teus carinhos e participação no Conto.beijos,linda semana,chica

Anne Lieri disse...

Angela,que linda e merecida essa homenagem!Realmente um grande dançarino!Bjs e boa semana!

lis disse...

Maravillhoso vôo !
" A sua dança leva / uma estrela/ e pousa no coraçao."
Lindíssimo!
abraços

angela disse...

Carmen
Fico feliz que esteja bem e mais ainda por receber sua visita.
beijos

angela disse...

Hod
É ótimo vê-lo mesmo, eu gosto muito.
beijos

angela disse...

Maria José
Concordo que deve ter tido muito dedicação e disciplina e algo mais também para termos esse bailarino tão especial.
beijos

angela disse...

Mariana
Também acho que encantar assim é um dom.
beijos

angela disse...

Eder
Obrigada amigo cronista.
beijos

angela disse...

Magia
Sempre poeta até quando comenta.
beijos

angela disse...

Chica
Participar dos contos é um prazer e carinho eu retribuo.
boa semana
beijos

angela disse...

Anne
Gostaria de poder fazer uma homenagem a altura dele, mas faço o que posso.
beijos

angela disse...

Lis
Que bom que gostou.
beijos amiga

Marcos Dhotta disse...

Que bom encontrar por cá esse post em ressonância com o ricardo.
Faz jus ao que você disse por lá...
Ele é um pássaro que voa...
Beijos Caríssima.

angela disse...

Marcos
Ele me inspirou e gentilmente cedeu-me o post.
Obrigada
beijos

Daniel Savio disse...

Bonita a poesia...

Fique com Deus, menina Angela.
Um abraço.

angela disse...

Daniel Savio
Obrigada amigo.
beijos