quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Um Adeus

No final da noite de ontem eu e Hod publicamos um duplix e foi uma experiência muito boa, ele me ajudou com a regras, com sua paciência e amorosidade e conseguimos compor o poema. Deixou um comentário em meu blog que reflete bem seu jeito de ser, sensível e esperançoso,

"Vejo o tempo fazendo rede e moinhos em nossa volta, e desde ano passado que interagimos. Mas hoje, hoje nossa mentes aconteceram num convergir mútuo. Poder compartilhar contigo querida Angela, foi um honra.
Parabéns amiga ! Que venham outros mais.

Beijos pra vc com muitas bençãos."

Amigo você virou a curva da estrada (como diria Pessoa), enluarou-se (como diria Quintana e Lau ) encontrou a indesejada (como diria Drummond) a Severina (de João Cabral). E eu aqui estou tão triste com meus vãos anseios espiando as frestas, procurando palavras para lhe dizer adeus e só consigo copiar dois versos do Drummond:

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor

25 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá,
É a terceira fonte que me passa tão triste notícia... mas Deus o recebeu no Paraíso com muita alegria porque ele viveu seu último dia fazendo grande bem.
Paz! Mesmo a blogosfera estando de luto no coração!
Um abraço fraterno

EDER RIBEIRO disse...

A carne se desintegra, mas qdo alguém nos importa não vai, pois a tua alma fica nos dizendo o qto bom fora. Só agora as lágrimas desceram...

Rosana disse...

Amiga querida, grande perda, mas como eu disse a Déia, Deus quer ao seu lado os bons, se for um bom poeta entao, não há como segurá-lo entre nós, beijos reconfortantes em seu coração!

Rô!

Lau Milesi disse...

Ai Angela , querida amiga, meu carinho e minha solidariedade. Infelizmente não conhecia o poeta. Mais uma estrela que "luarizou-se". Que o poeta-estrela descanse em paz.

"O que a memória ama, fica eterno", já dizia Adelia Prado.
Você está demonstrando, além da sua tristeza, ter ficado muito feliz com a bela parceria com o poeta. Pois então, eternize esse bom momento. Meus sentimentos à família do amigo virtual e a você.
Fique com Deus.
Um beijo de boa noite.

Deia disse...

Oi Angela, é, minha amiga, uma tristeza profunda... um beijo! Deia.

Isadora disse...

Angela passo para deixar um abraço, pois imagino o quanto deve ter sido difícil para você receber a notícia.
Ficou aqui registrado em seu espaço, um pouco dele.
Isadora

mARa disse...

...e o espirito ascende para um mundo de Luz e Paz!

Deixo-te uma frase que gosto muito:

"As flores mais lindas não são aquelas que encontramos no caminho, mas aquelas que nascem depois que passamos...!

E percebemos agora que a passagem de Hod, deixou tantas e tantas sementes e que agora nascem flores, floridas Homenagens de lembranças e saudades de sua passagem em nosso caminho.

Bjo!

Paz e Luz!

Daniel Savio disse...

Infelizmente, o tempo do Hod acabou na Terra, mas não exatamente no coração de quem o conheceu...

Meus pêsames Angela.

Fique com Deus, menina.
Um abraço.

Irene Moreira disse...

Angela
Imagino como deves tar a se sentir, mas muito lindo o Duplix com o Hod. Ficará marcado para sempre snetre nós.

Ontem de madrigada vocês doisvieram comentar sobre o meu poemix que postei "Viver e Amar".

As palavras dele e as suas guardarei para sempre.

Beijos

Ester disse...

Angela,

Compartilho com vc da mesma tristeza! Hod deixou muitos amigos orfãos na blogosfera,
mas penso que devemos continuar compondo para homenageá-lo,
pois a morte, não é o fim e sim a continuação, ela vem apenas para nos mostrar a transitoriedade desta vida, o que dói é a separação, essa não tem jeito, sangra mesmo...

Abraço.

lis disse...

Amgela
Lindíssima homenagem pra um lindísimo amigo.
Juntos estamos tristes, voce esteve bem proxima nos seus últimos dias. Isso não entristece , alegra.
Ele foi ,mas deixou muito amor.
Deixei lá no meu blog.uma pequena lembrança dele.
abraços amiga

Chica disse...

Incrível isso,Não?Ontem ainda estávamos com seus comentários, horas depois,nos deixa...Tristeza!beijos,chica

Lau Milesi disse...

Angela, é a Lau. Amiga, não dormi nadinha essa noite. Fiquei tão impressionada com o que soube aqui. Ontem, esqueci e me deitei de lentes. O resultado é que estou até agora sem poder sair de casa, em razão da vermelhidão/irritação nos meus olhos.
Somatizo essas perdas, você sabe. Passei pra te deixar um beijo.
Fique bem.
Lau

Paula Barros disse...

Angela, soube agora, e não sei muito o que dizer. Tinha pouca aproximação com ele, mas sentia ele sempre muito especial.

Imagino para você como está sendo difícil

Abraço para você.

Renato Orlandi disse...

Eu tinha ficado com medo de comentar aqui antes, por não entender exatamente o acontecido, ou talvez aceitar, será? Bom, não vou dizer muitas coisas, não sou bom nisso e corro o risco de fazer caca, rs, mas estou aqui de braços abertos para te dar um abraço bem forte. O poema realmente ganhou um novo sentido...

Fatima Cristina disse...

Angela,
seu post me emocionou.
Hod nos faltará. Ela era uma pessoa especial. mas ele já cumpriu sua missao por aqui. Nós ainda nao.
Beijos!

Gilmar disse...

Você já encontrou, Angela, as mais belas palavras! Ao transitar por universos tão ricos, de Pessoa a Drummond, você já explicitou o que se passa no seu coração. E não há palavras tão belas quanto essas!

Abraços!

Marcia disse...

Angela,
Compartilhamos todos a mesma tristeza e saudade. Ele deixou palavras muito bonitas em meu blog, palavras que mostram o seu jeito especial de ser: "Habitualmnte gosto de expressar que o Sorriso de minha alma é a Gratidão."
Que Jesus em sua infinita bondade o ilumine HOD.
Beijos.

expressodalinha disse...

Um abraço sentido. Mas a vida continua...

MARCOS DHOTTA Eu sou um eterno vir a ser ... disse...

Agora nos resta olharmos para o horizonte e encontrá-lo por lá... Ficará na saudade! Abraços.

Carmem L Vilanova disse...

Um abraço sentido e querido, minha amiga!
Com a certeza de que ele nunca nos abandonará enquanto for vivo em nossos corações!
Beijos e flores... os sorrisos virão depois!

Cantinho She disse...

Angela, não nos conhecemos, mas mesmo assim vim te dar o meu abraço, pois foi mesmo muito triste saber que a delicadeza e o carinho de nosso amigo Hod não estará mais traduzidas em palavras em nossos blogs, ontem fiz um carinho pra ele em meu blog tb, mas confesso que me fugiram as palavras...
Beijo, beijo!
She do Cantinho She

joaquim do carmo disse...

Meu carinho solidário, mais uma vez, amiga! Bela a escolha de Drummond: de facto, "Amor é primo da morte,
e da morte vencedor" - Há que dar razão ao poeta!
Beijinho

Curiosa disse...

eu estou estarrecida ..
fiqueio sabendo apenas hoje, pelo blog da Pat ..

Conheci Hod há pouco tempo ...
como moramos na mesma cidade, falamos bastante, nesse exímio tempo, frente à eternidade ...
Mas foi uma das mais belas amizades que fiz na blogosfera ...
Uma pessoa encantadora, que emanava amor, carinho e esperança ...
tenho certeza que ele estará bem, onde se encontre ...

estou muito triste ... muito mesmo ...
entendo e aceito a morte física, mas dói da mesma maneira .. dói egoísticamente a ausência de quem se vai, mesmo sabendo que ela estará bem ...

Mesmo assim, esforço-me para enviar apenas emanações de amor para ele ...

Um abraço para você, ângela ...
...

Maria José disse...

Angela. Como estou lendo os posts de baixo para cima, que susto. Você sabe que a morte não existe. Ele está em outra dimensão, tão vivo quanto nós. Força, amiga. Beijos.