quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Para a Hora de Seguir



26 comentários:

Tertúlias... disse...

SIGA, SIGA, amiga!!!!!!!!!!!!!

Lara Amaral disse...

Ai, que bonito, melancolicamente bonito!

Beijo.

Sandra Botelho disse...

Lindas palavras amiga...
Os passaros se vão, mas deixam em seus ninhos sempre pequenas peninhas a nos lembrar que passaram por nossas vidas.
Bjos achocolatados

Daniel Costa disse...

Angela

É bem uma hora a seguir, quando os passarinhos poisam no papel. Gostei do poema e traduzo por boas novas a fortalecer a imaginação.
Beijos

Daniel Costa disse...

Angela

É bem uma hora a seguir, quando os passarinhos poisam no papel. Gostei do poema e traduzo por boas novas a fortalecer a imaginação.
Beijos

Chica disse...

E quantas vezes ficamos apenas os vendo voar e ainda assim felizes por eles estar bem!Lindo!beijos,chica

Lau Milesi disse...

Seguir com os pássaros é uma maneira de espantar a solidão. Somos pássaros, Angela.
Lindo, seu poema. Parabéns pelo Dia do Poeta.

Um beijo


E.T. Não esqueci, viu? No próximo.

Deia disse...

Acompanhemos os pássaros, minha amiga, porque para os que estão vivos é preciso aproveitar todas as oportunidades de ser feliz! Um beijo, Deia.

Gilmar disse...

Voar é o grande desafio da vida! Buscar outros horizontes, vislumbrar outros cenários, alcançar as alturas... É a imaginação em voos rasantes! Talvez também por isso insistem pousar no papel que o poeta mantém intacto, esperando apenas o momento de descrever o pouso e dar-lhe vida a multiplicar outras emoções, a alcançar outros olhares!

Meu carinho, Angela!

Daniel Savio disse...

Bonito, apesar que um pouco triste, pois a solidão sempre tem um que de tristeza, pois nunca se faz a felicidade sozinho...

Fique com Deus, menina Angela.
Um abraço.

| A.Luiz.D | disse...

palavras ficam no papel,
mas esta assinatura de belas palavras, voam nesse instante.

bjos

Carmem L Vilanova disse...

Querida amiga,
Estive aproveitando uns dias de ferias de minha filhota e deixei o meu blog meio no piloto automatico e somente hoje estou podendo agradecer tua visita tao querida ao aniversario do Eu Sei Que Vou Te Amar. Sao pessoas como voce que fazem valer a pena continuar por tantos anos e desejar estar por muitos mais.
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Renato Orlandi disse...

Ué. Voa não, volta para fazer parte do poema tb ^^ prefiro assim mesmo, de súbito, é daí que os melhores textos acontecem! Bjaoo!

Rosana disse...

Moça bonita, voei até aqui em busca de aconchego, amizade e a esperança que pulsa em meu coração, beijos... saudade

Sandra Botelho disse...

Vim deixar-te um beijo e desejar-te um lindo final de semana.bjos achocolatados

Espaço Aberto disse...

É sempre muito bom receber os amigos em nosso Espaço Aberto. A manifestação de todos sobre o texto da Déia, trouxe muita emoção para todos nós. E só temos a agradecer a sua participação nesse momento tão rico.
Uma nova postagem aguarda a sua apreciação!
Tenha um ótimo final de semana e até breve!

lis disse...

Passarinho de palavras,pousando no papel e fazendo par com a minha a, a sua , a nossa solidão.
É a hora de segui-lo,sós ou em bando rs
muito muito bonitobom sábado, boas inspirações sempre.
abraços

ju rigoni disse...

Adorei voar e pousar com teus pássaros-palavras!

Ave, Angela! Muito lindo esse poema.

Bjs e inté!

xunandinha disse...

Amiga todos nós somos passaros e voamos em conjunto, adorei o teu poema, mas não te isoles por favor, tenta voar acompanhada, pois sabes que tens montes de amigos que te ajudam no voo.
mil beijinhos e um forte abraço

xunandinha disse...

Amiga todos nós somos passaros e voamos em conjunto, adorei o teu poema, mas não te isoles por favor, tenta voar acompanhada, pois sabes que tens montes de amigos que te ajudam no voo.
mil beijinhos e um forte abraço

xunandinha disse...

Amiga todos nós somos passaros e voamos em conjunto, adorei o teu poema, mas não te isoles por favor, tenta voar acompanhada, pois sabes que tens montes de amigos que te ajudam no voo.
mil beijinhos e um forte abraço

xunandinha disse...

Amiga todos nós somos passaros e voamos em conjunto, adorei o teu poema, mas não te isoles por favor, tenta voar acompanhada, pois sabes que tens montes de amigos que te ajudam no voo.
mil beijinhos e um forte abraço

xunandinha disse...

Amiga todos nós somos passaros e voamos em conjunto, adorei o teu poema, mas não te isoles por favor, tenta voar acompanhada, pois sabes que tens montes de amigos que te ajudam no voo.
mil beijinhos e um forte abraço

Maria Helena disse...

Se soltar no infinito como os passarinhos, só ou em revoada, é uma distração, se soltar nas palavras que brotam do pensamento, pousando na folha de papel, tmabém é uma distração eterna! Adorei seus passarinhos! Paz e luz!

Irene Moreira disse...

Que bom que haviam tantos passarinhos. Quando tiveres vontade de voar nunca estarás sozinha. Lindo demais.

Beijos

Karina disse...

A vida é assim mesmo, no início todos os passarinhos estão lá, depois cada um segue seu vôo e vai fazer a sua vida.

O importante é que, em algum momento, você pôde dividir seu ninho com eles.

Beijos!