quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Fui Eu















fui eu
que acendi a luz
do seu destino
você estava tão perdido
que nem percebeu

Agora fica aí todo prosa
pensando ser
a "sopa primordial"
cheio de si
achando-se especial


eu espero
ressabiada
mau humorada
a hora do seu tropeço

ofuscado pelo brilho
não verá
aquela pedra
que todo caminho
há de ter!




domingo, 24 de outubro de 2010

No princípio

No princípio era o verbo, depois a verborragia, por fim, o charivari. No entanto, estão por aí os neutrinos que atravessam tudo, o pré-verbal, os não-ditos, o pensamento do fora e aquilo que está além dos limites do imaginável. LOWCULTURA se propõe como um canal da cultura que surge acima, abaixo, ao lado, contra ou junto com a razão e a norma. A loucura da razão já colonizou as formas perfeitas, já engendrou cânones para o pensamento e a criação, já foi usada para justificar deuses intolerantes e versões totalitárias da opressão social. A estratégia sonsa da LOWCULTURA é que primeiro ela é louca, depois é que se tenta saber em que plano de consistência nos encontramos. A bordo da Enterprise na trilha de alienígenas distantes, há sempre universos a explorar. E este é o tema do primeiro número da REVISTA LOWCULTURA, captar os sinais emitidos por outras tantas formas de sentir, produzir e estar no mundo. O que no último século se desenvolveu em termos de tecnologia de reabilitação psicossocial, agora se atualiza em projetos de imaginação de renda: moda, escritura, ativismo político-ambiental, redes sociais, urbanismo, design, música, fotografia, vídeo, dança etc.
os editores

Alexandre Augusto Lopes Alves
Alex Mountfort
Angela Di Munno Arruda
Bruno de Paula
Dalva Maria Ferreira
Decio Filho
Edmar de Oliveira
Filipe Doutel
Julia Catunda
Libni Gerson
Luciana Pires
Luciana Saddi
Marcia Pompermayer
Marco Aurélio Monteiro Peluso
Paulo Henrique Fernandes Silveira
Rafaela de Uchoa
Sergio Pereira de Almeida


Foi tudo muito bom! Agradecemos o apoio dos amigos presentes em corpo e dos que se fizeram presentes na torcida virtual.

sábado, 23 de outubro de 2010

Quem estiver em São Paulo
Quem puder
Não esqueça

Hoje
Estaremos na
Casa das Rosas
14h00 às 16h00
Av. Paulista, 37

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

domingo, 17 de outubro de 2010

Para a Hora de Esquecer

Poema de Emily Dickinson

(Tradução de Angela -Lago)

quinta-feira, 14 de outubro de 2010
















és infinitamente estranho!
mais louco
mais roto
que qualquer ser humano

veja a agonia
o borbulhar constante da alma
arquejante
sem repouso
sem guarita

o olhar cruel
a voz treinada
controlada
o corpo inchado
o andar pesado
(sabes que a profundeza é o seu lugar)

como podes encontrar
um colo macio
um alento
se a sua pele
é veneno
é espinho

és infinitamente letal!

domingo, 10 de outubro de 2010

A amiga Deia do blog Rumo à escrita sugeriu essa brincadeira

Entre Chegadas e Partidas o que faz você feliz?

Com regras bem fáceis:

1 - Copie e cole o selinho na sua postagem;
2 - Conte-nos o que lhe faz feliz, entre partidas e chegadas, simples assim!;
3 - Conte quem lhe presenteou, se possível adicionando o link para o blog;
4 - Indique ao menos 5 blogs para receberem o carinho e avise-os, para que eles possam continuar a brincadeira. Podem ser mais, claro, o importante é provocar a ideia naqueles que lhe visitam!
5 - Volte aqui e avise se já está participando, nesse mesmo post.

Entre Chegadas e Partidas gosto mais das Chegadas

Fico feliz quando minha filha chega contente



Um chega mais pra cá que ninguém é de ferro





A familia reunida nos almoços de domingo

A chegada dos amigos


A chegada de um bebe


Das Partidas para a praia

As viagens com a família


A saída do trabalho depois de um dia difícil


Sugiro que os blogues abaixo continuem a brincadeira.



sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Lançamento

Um grupo de blogueiros, artistas, poetas, simpatizantes, ousados e ainda contando com a diagramação criativa, brilhante e generosa de Sergio de Almeida publicam através da Editora Quizomba o primeiro número da revista Lowcultura e os convida para partilharem do laçamento conosco.
A CULTURA creio que dá para entender, a LOW fica por conta de que muito de nós atuamos nessa área, de um jeito ou de outro...rssrs. Agora é só conferir.



domingo, 3 de outubro de 2010

O Retorno




















Sem que se perceba
retornam
lembranças
jeitos
gestos

o edifício construído
desfeito
tijolo
por
tijolo
revela seu alicerce

a infância volta devagarinho
anunciando
o inverno