domingo, 24 de abril de 2011

Simples assim!


Tão pequenas vistas daqui

tantas e tão lindas

brilhando ao longe

vão caminhando impassíveis

ao nosso viver

nenhuma dor as comove

nenhum riso as encanta

nem a poesia as deleita


Nós as amamos

somos encantados

sonhadores

e até nos consolamos

com a beleza delas

e isto nos basta!

24 comentários:

Gilmar Morais disse...

Angela,

É com muita alegria que passo por aqui para agradecer-lhe pela cumplicidade permitida, ao acompanhar o Caminhar & Ruminar, que ontem completou o seu primeiro ano de vida. Obrigado!

A festa é você, a sua presença e amizade que empresta sem reservas! Tenha certeza, significa muito!

Receba o meu fraternal abraço!

✿ chica disse...

E as adoramos mesmo.Adoro olhá-las!

Linda poesia!

uma semana bem legal,beijos,chica

Samaryna disse...

Angela, o encantamento por ela nos coneta com a obra divina. Deixo o meu afeto.

Maria José disse...

Angela. Lindo poema. O universo é lindo e misterioso. Isso nos encanta. Estive ausente durante a Semana Santa. Agora de volta, após a Páscoa, desejo-lhe renovação constante com muitas bênçãos em sua vida. Beijos.

Anne Lieri disse...

Angela,as estrelas nos hipnotizam,com certeza!Que maravilhosa e profunda sua poesia!Eu adoro!Bjs e boa semana!

Lau Milesi disse...

Lindo, Angela. Amo as estrelas, não canso de admirá-las. Elas são companhias, coleguinhas da Lua.:)
Lembrei dos Paralamas:
"Vou sair pra ver o céu
Vou me perder entre as estrelas
Ver da onde nasce o sol..."

Um beijo pra você e parabéns !!!

A. Reiffer disse...

E é verdade! Muito bom! Abraços!

MARCOS DHOTTA disse...

E que o universo e sua imensidão te contemplem sempre. Um beijo no coração.

Graça Pereira disse...

Olhamo-las com amor e sonhamos! Gostei do teu poema e da verdade nele expressa: elas não querem saber de nós! Que nos importa? A sua beleza nos basta!!
Mil beijos e uma semana feliz!
Graça

Djabal disse...

Nós somos feitos com o mesmo pó das estrels. Entretanto, somos pós enamorados, como disse há séculos atrás um poeta que ficou admirando como você o brilho eterno e indiferente delas. Parabéns. Beijos.

Vieira Calado disse...

E eu que o diga!

Até tenho um blog de astronomia, como sabe...

Bjjss

ONG ALERTA disse...

A magia esta no céu...beijo Lisette.

Sônia Silvino disse...

Angela querida!
Simplesmente amei!
Vou te levar para a Confraria da Soninha, ok?
Beijinhos meus!

Anne Lieri disse...

Angela,passando para reler essa bela poesia e desejar uma boa semana!Bjs,

MARLENEDEGOES@HOTMAIL.COM disse...

Angela estou vindo conhecer seu blog,pois vi sua intrevista na confraria da soninha e adorei seu poema,gostaria muito de tornar-me
sua seguidora e amiga,um abraço com carinho marlene

mentoresdeluz.blogspot.com
aosolhosdaalma.blogspot.com
mimoseselinhos.blogspot.com

Daniel Costa disse...

Angela

Como é simples a nossa visão, pelo que apenas podemos o observar minúsculo, sabendo da sua imensidão.
Beijos

Lis disse...

Oi Angela
Que essa lindeza toda esteja sempre diante dos nossos olhos assim impassíveis como diz e poderosas também.
Realmente isso sempre nos basta! e como!
beijinhos

joaquimdocarmo disse...

Encanto, sim, Ângela, poder olhar assim o firmamento e, também, cantar tão bem tais maravilhas!
Beijinho

Sandra Botelho disse...

Por vezes queria roubar-lhes o brilho...beijos achocolatados

Sônia Silvino disse...

Viu só como quanta gente te admira, amiga?
Fiquei muito feliz!
Beijos, muuuuitos!

JGCosta disse...

Eis amiga que as estrelas foram feitas para os poetas!

Abraços renovados!

Salete Cardozo Cochinsky disse...

Olá,
Gostei de conhecer o Blog, seu conteúdo é pura arte. E de fato, sabemos o que sentimos e também que elas não sentem. No entanto são motivos de inspiração poética.
Prefiro assim!
Beijos

Sandra Botelho disse...

Tem um selinho lá no meu blog pra ti...Amaria ver ele aqui no teu cantinho.Meus 500 seguidores, quero dividir minha alegria com vcs.
beijos achocolatados

ju rigoni disse...

E quando, boquiabertos, as olhamos, emprestam-nos seu fascínio, ao brilhar dentro dos nossos olhos...

Muito lindo o seu Simples Assim.

Bjs, amiga. E inté!