quarta-feira, 1 de junho de 2011

Dueto ao Entardecer


Como filho de Sara

o amor chega

tardio

depois que a esperança se

foi


Será engano

realidade

ou ilusão


Pouco importa

são dádivas para lembrar

a vida não terminou

23 comentários:

✿ chica disse...

A vida não terminou e ainda há muito por vir...Lindo! beijos,chica

Lena disse...

Engano, realidade ou ilusão. A vida permanece!Beijos!Lindo texto!

manuel marques disse...

A vida é o amanhã.

Beijo meu.

Leonardo B. disse...

[todos os filhos, mesmo que tardios, são nosso rio, carne e sangue, nossa própria foz que não sabe o quanto dista da nascente...]

um imenso abraço, Amiga Ângela

Leonardo B.

ju rigoni disse...

Lindo seu dueto ao entardecer! Que venha tudo que nos assegure a dádiva de estar vivo.

Bjs, amiga. boa semana, e inté!

Lis disse...

Não lembro o poeta que disse que o melhor amor é o que chega tarde!
Penso que todos os amores dão lindos , em dueto.
abraços Angela

Iит€я€รรǺитт€ disse...

Adorei Angela!

E pra quem não entendeu "Como o filho de Sara o amor chega tardio"

Deus havia dito a Abraão que ele teria um filho, Sara ouviu e deu uma breve risada de desconfiança. Pois tanto Sara como Abraão eram bem velhos, pra lá de 100 anos. E como Deus havia dito, Sara deu a luz a um filho, e quando já não se acreditava que fosse possível.

Assim é o amor, as vezes demora, as vezes parece impossível, mas sempre chega!

Forte Abraço minha amiga!

Ivan Rosário.

Aili disse...

Sinceramente...Lindo! Lágrimas...As minhas me dizem o quanto,o tanto me emocionou!!!

beijo

José Doutel Coroado disse...

Cara Angela,
Gostei!!
Ai... amor...
abs

Lau Milesi disse...

Mas o amor chegou, e é o que realmente importa.E isso é uma dádiva! Felicidade (outra dádiva) é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente, já dizia Érico Veríssimo, no que concordo integralmente.
Lindo, Angela.Muito lindo!!
Um beijo pra você.

Marilu disse...

Querida amiga, nunca é tarde para amar, existe sempre um novo amanhã e com ele podemos encontrar a felicidade. Beijocas

wallper.lima disse...

A vida é sempre um recomeço.
Bjos.
WaleriaLima.

Sandra Botelho disse...

O amor nunca é tardio e sempre renascemos com ele.Beijos achocolatados

Anne Lieri disse...

O amor,mesmo tardio,sempre é bem vindo!Uma poesia muito linda,Angela!Bjs,

joaquimdocarmo disse...

E a esperança é a última a morrer!
Nunca é tarde para o amor e... cedo, só para quem não sabe o que é amar!
Beijinho
Joaquim

Daniel Costa disse...

Angela

Verdade, a vida nunca deve parar, devemos andar sempre em frente, atrás vem gente.... Poderá vir gente.
Beijos

Tânia Marques disse...

Com certeza, enquanto há vida, há esperança em todos os sentidos. Estamos sempre aprendendo e o futuro poderá nos trazer muitas surpresas gratificantes. Foi assim que eu senti os teus versos. Beijos

Pepi disse...

Muito bonito, Angela
Tenha um ótimo final de semana
Beijinhos carinhosos de
Verena e Bichinhos

Lídia Borges disse...

Deixo-lhe este de Torga que parece fazer dueto com o seu:

Frustração

Foi bonito
O meu sonho de amor.
Floriram em redor
Todos os campos em pousio.
Um sol de Abril brilhou em pleno estio,
Lavado e promissor.
Só que não houve frutos
Dessa primavera.
A vida disse que era
Tarde demais.
E que as paixões tardias
São ironias
Dos deuses desleais.

Miguel Torga, in 'Diário XV'

Um beijo

Salete Cardozo Cochinsky disse...

Belo
A vida não terminou e nao terminará quando nos enganamos ou nos iludimos.
BRAVO!
UM ABRAÇO

As Tertulías disse...

Sensibilidade... ou ela existe ou nao... e como voce é rica dela!!!! Oh, querida. Chapeau!!!!

xunandinha disse...

Lindo, sentido,vivido.Avida é para ser vivida, beijos

Irene Moreira disse...

A vida segue com as lembranças para recordar.
Lindo como sempre. Beijos