quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Maravilhas da Natureza


Acende apaga

apaga acende

apesar do pisca pisca

não há indecisão


No convite ao namoro

o brilho dos vagalumes

aliviam a escuridão


Recordam estrelas

convidam a brincadeira

atiçam a imaginação


(Quem diria

que a bunda de um inseto

suscitaria tanta alegria

e tanta poesia)

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Poema de Urgência


Que vontade que me dá

agarrar você com todo despudor

encher sua pele de escamas

de tesão

ser sonambula em seus braços

consciência pra que?

hoje eu quero os sentidos

a sensação

a pele

a insensatez

dispenso todo resto

que não tenho precisão.